Meme: Seu Ambiente de Desenvolvimento em 7 items

Esta ideia originou com o Duodraco e o Augusto Pascutti. Simples e direta, escreva sobre o seu ambiente de trabalho, suas ferramentas do dia a dia de programador, vamos conhecer um pouco melhor nossas opções, vejam as regras

1ª – escreva sobre 7 itens de seu ambiente de trabalho – fale sobre qualquer ponto que quiser;
2ª – indique de 3 a 5 pessoas para que possivelmente façam um artigo sobre seu ambiente.

Como fui indicado, aqui vai minha parte

1. SO: Mac OS X
Pode chamar de fanboy, mas a realidade é que o Mac pra mim reuniu tudo que eu procurava, uma interface amigável, uma linha de comando e menos stress no quesito drivers. Sim, eu sei que o hardware é amarrado, bla bla bla, mas isso funciona para mim, os softwares como o Textmate são incríveis e eu me acostumei. Acho o Windows careta e fechado demais e o Linux “faça você mesmo” demais.

2. VCS: SVN e Git
Quiserá eu listar somente o git, mas na realidade pelo meu emprego ainda conta com o bom e velho SVN. Porém fora disso todos meus repositórios são ou git ou git-svn. Juntamente com o GitHub o conjunto de ferramentas agilizou meu trabalho e ainda pro cima aumentou minha quantidade de contribuições com projetos OSS.

3. IDE: NetBeans e Zend Studio / Textmate
Este é um ponto complicado, ambas IDEs são carregadas e pesadas enquanto o Textmate possui features limitadas mas voa baixo. Basicamente o Textmate eu uso para consultas e codadas rápidas e HTML/CSS e as IDEs para PHP mesmo. Estou migrando pro NetBeans desde o PHP 5.3 mas ainda preciso voltar e testar a nova versão do Zend Studio. Adoraria achar uma IDE leve e nativa com o feature set destas duas, especialmente um auto-complete decente com namespaces bem implementado, Komodo falhou por pouco no auto-complete.

4. Testes: PHPUnit + Mockery
Não podem faltar na minha caixa de ferramentas. Testes são lindos e mocks são necessários, até pouco tempo não conhecia o Mockery mas agora descobri e estou adorando a facilidade dele. Já o PHPUnit não tem competição ao meu ver, completo, robusto, fácil, linha de comando e rápido. Não saia de casa sem eles.

5. Continuos Integration: Hudson
Eu diria que não há competição aqui, mas o Arbit, nativo em PHP, tem bastante potencial para os projetos que estou cuidando. Porém, atualmente o Hudson é pau pra toda obra e sua coleção de um gazilhão de plugins tem opções para tudo e todas funcionalidades que possa imaginar. Sim é Java, mas nem parece, longe do que é o CruiseControl e o seu Terror de instalação e manutenção

6. Frameworks: ZF e Dcotrine 2
Não rola, depois de ver a dupla em ação não tem pra mais ninguém. Ok, quem sabe o Symfony 2 quando estabilizar, mas pra produção hoje, não consigo mais sobreviver sem estes dois, tudo fica tão simples, fácil, rápido e produtivo que nem tento mais outra coisa, salvo em projetos para pesquisa. Com a integração feita pelo Guilherme Blanco, sugestivamente chamada de Bisna, a combinação é perfeita e indolor.

7. IRC: Colloquy
Esse é menção honrosa, e se você perguntar mas que infernos isso tem a ver com ambiente de desenvolvimento eu te respondo: tudo! O IRC é minha fonte principal de resolução de dúvidas, meu canal de comunicação direto com os criadores do PHP, do ZF, do Doctrine, enfim de todo meu escopo de ferramentas praticamente. O colloquy é simples, rápido e elegante o bastante pra me permitir ter 15 canais abertos 24/7

E lá vamos nós, minha vitimas serão:

  1. Adriano Laranjeira
  2. Chester
  3. Silvano Jr.
  4. Alexandre Gaigalas
  5. Marcelio Leal
  • DSLR-A850

    Eu encontrei este post hoje cedo no escritório Muito útil enviou o link para mim e provavelmente irá marcá-la quando eu chegar em casa